O segredo para conseguir economizar e garantir um bom negócio é a pesquisa. Comparando os valores das inúmeras opções de mercadorias oferecidas e priorizando as lojas mais confiáveis, é possível sim fazer o dinheiro render mais na hora das compras.

Então, para ajudá-lo nessa missão, confira nossas sugestões sobre o que vale a pena ou não levar para casa!

Perfumes

Perfume é um dos itens favoritos de quem visita o Paraguai com o objetivo de fazer compras. Quando comparado ao Brasil, a diferença de valor vai depender da cotação do dólar. Mas, no geral, esses produtos podem sair mais em conta.

Antes de comprar, vale a pena fazer uma lista de desejados e já ter uma ideia de quanto eles custam nas lojas brasileiras. Isso porque alguns têm diferenças consideráveis no preço. Algumas fragrâncias das marcas Salvador Dalí e L’Occitane, por exemplo, chegam a custar em torno de R$ 100,00 menos; enquanto outros perfumes podem ser vendidos até mais caros — como o famoso La Vie Est Belle, da Lancôme.

Além disso, é sempre bom lembrar de ter cuidado para não comprar réplicas como se fossem originais. Para evitar que isso aconteça, procure sempre as lojas mais recomendadas e desconfie quando o preço for baixo demais.

Maquiagens

As marcas de maquiagem mais famosas e desejadas não têm grandes diferenças de valores no Paraguai. MAC, Bourjois, Estée Lauder, entre outras, são vendidas praticamente pelo mesmo preço que no Brasil. No entanto, se o seu desejo maior for por variedade, lá é o lugar certo para tentar encontrar um produto específico.

Quando se trata de marcas mais baratas ou não vendidas em solo brasileiro, o investimento pode valer muito a pena. Milani, Essence e Flormar são exemplos de opções atrativas. Para ter uma ideia, dá para encontrar produtos pela metade do valor com o qual estamos acostumados. Cílios postiços e pincéis também são facilmente encontrados e por um bom preço.

Celulares

Muita gente aproveita a passagem pelo Paraguai para comprar celular. Entre todas as categorias, essa talvez seja uma em que mais se percebe diferença entre os valores praticados. Dependendo do modelo e da cotação do dólar, a economia costuma variar de R$ 400 a R$ 1.000.

Um iPhone 7, de 32GB, por exemplo, está custando U$ 530 atualmente (cerca de R$ 2.056). No Brasil, o mesmo celular é vendido por aproximadamente R$ 2.800. Nada mal, não é mesmo?

Mas não esqueça de se certificar de que está comprando em um lugar seguro e adquirindo um produto original. Por serem caros e muito procurados, são várias as falsificações de celulares. Por isso, pesquise, procure as lojas certas e evite os vendedores de rua.

Eletrônicos

Se há uma coisa que vale a pena comprar no Paraguai, é eletrônico! Videogames, câmeras fotográficas, fones de ouvido, relógios inteligentes. A variedade de produtos vendidos no país é enorme. A grande maioria deles são ofertados a preços menores do que no Brasil, e a diferença não é pequena. Muitas vezes, é possível conseguir até 40% de economia.

Uma câmera Canon T6i, com lente 18-55mm, por exemplo, está na faixa de U$ 575 (cerca de R$ 2.230). No Brasil, o valor começa em R$ 2.750. O mesmo acontece com o console Super Nintendo Classic: R$ 449 no Paraguai e R$ 640 no Brasil.

Além dos eletrônicos propriamente ditos, jogos de videogame, cases para câmeras, lentes e demais artigos também têm presença garantida por lá.

Equipamentos de informática

Na hora de decidir o que comprar no Paraguai, ficar de olho nos equipamentos de informática pode ser uma boa pedida. Com relação a computadores e notebooks, não há uma diferença tão considerável em comparação com os valores do Brasil. Mas HD externo, webcam e, até mesmo, acessórios menores, como mouse e pendrive, compensam.

No caso do HD, dá para poupar uma média de R$ 100. Economia muito bem-vinda e que, junto com outras, pode interferir consideravelmente no valor final das compras.

Bebidas

Bebidas alcoólicas também costumam fazer parte da lista de desejados quando o assunto é comprar no Paraguai. Vodca, tequila, uísque e vinho são encontrados por ótimos preços. A depender da marca, elas chegam a custar 50% menos. É o caso da tequila José Cuervo, por exemplo, que lá é oferecida a cerca de U$ 20, enquanto no Brasil os valores ultrapassam R$ 150.

Se a ideia for aumentar o estoque de bebidas, só não esqueça de conferir o limite máximo permitido para não ter problemas na fronteira, ok? Nesse caso, ele é de 12 litros.

Outros

Apesar de não serem tão populares, existem ainda alguns artigos que são capazes de render alguma economia se comprados no Paraguai. Malas, itens de decoração, organizadores e materiais de construção são alguns deles.

Se já está precisando ou desejando alguma dessas coisas, é interessante aproveitar a viagem e incluí-las na lista. Dessa forma, dá para otimizar o dinheiro e até o tempo.

Chocolates também são sempre uma boa ideia. No entanto, se estiver em Foz do Iguaçu, procure conhecer também os preços do free shop argentino (em Puerto Iguazu), antes de ceder às tentações. Comparando os dois, você não corre o risco de pagar pelo mais caro.

Então, já deu para perceber que o que não falta são artigos para comprar no Paraguai, não é mesmo? Para aproveitar da melhor maneira possível, não esqueça de fazer sua lista, pesquisar valores e sempre apostar nos estabelecimentos indicados. Seguindo esses passos, a certeza é de um passeio muito mais proveitoso e favorável ao bolso. Boas compras!

Gostou das dicas? Que tal seguir a gente nas redes sociais? Assim, você continua descobrindo as melhores formas de fazer suas compras no Paraguai! Estamos no Facebook, no Instagram, no Youtube.